Roger Bussy-Rabutin → Melhores Frases para Mensagens e Status das Redes Sociais

Roger de Rabutin, Conde de Bussy, conhecido de maneira mais habitual como Bussy-Rabutin, nasceu em 1618 e foi um escritor de memórias francês.

Das poucas informações sobre o autor, sabe-se que ele participou de várias campanhas militares – mostrando o quanto era corajoso – e divertia-se compondo canções que difamaram o exército e a corte.

Sua fama vem da obra Histoire Amoureuse des Gaules, de 1665, que aborda as intrigas e escândalos amorosos da corte. O livro foi polêmico na época e fez com que Roger de Rabutin fosse preso e, posteriormente, obrigado a viver exilado. Confira, a seguir, algumas frases de Roger Bussy-Rabutin para conhecer um pouco mais do escritor!

Frases Roger Bussy-Rabutin

Frases Roger Bussy-Rabutin

“A distância faz ao amor aquilo que o vento faz ao fogo: apaga o pequeno, inflama o grande”.

Frases Roger Bussy-Rabutin

“A maioria dos homens apenas reconhece mérito naqueles que são felizes”.

Frases Roger Bussy-Rabutin

“É preciso ter muita força para dizer moribundo o mesmo que se diria com saúde”.

Frases Roger Bussy-Rabutin

“Quando não se ama demais, não se ama o suficiente”.

Frases Roger Bussy-Rabutin

“Quem não ama demais, não ama o bastante”.

Frases Roger Bussy-Rabutin

“Quando não se ama apaixonadamente não se ama o suficiente”.

Frases Roger Bussy-Rabutin

“Só se esquecem muitas vezes os ausentes, que estão mortos apenas por algum tempo, com maior razão se podem esquecer os mortos, que se ausentam para sempre”.

  • “A distância faz ao amor aquilo que o vento faz ao fogo: apaga o pequeno, inflama o grande”;
  • “A maioria dos homens apenas reconhece mérito naqueles que são felizes”;
  • “É preciso ter muita força para dizer moribundo o mesmo que se diria com saúde”;
  • “Quando não se ama demais, não se ama o suficiente”;
  • “Quem não ama demais, não ama o bastante”;
  • “Quando não se ama apaixonadamente não se ama o suficiente”;
  • “Só se esquecem muitas vezes os ausentes, que estão mortos apenas por algum tempo, com maior razão se podem esquecer os mortos, que se ausentam para sempre”.

Roger Bussy-Rabutin faleceu em 9 de abril de 1693.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply